Siga:

26/3/201903:11:12

 Conheça os benefícios do caqui, o produto da semana (26/3)


O caqui simboliza no Brasil o outono, com suas cores laranja-avermelhadas, sabor adocicado e polpa macia. Na Ásia, onde se originou, é símbolo de riqueza e prosperidade, e muitas vezes é dado de presente para desejar boa sorte e felicidade. E porque não dizer, saúde também, pois essa fruta é também conhecida por ser fonte das vitaminas A, C, E, B1, B2, B6 e B12, sais minerais como cálcio, ferro e fósforo, magnésio, manganês e zinco, licopeno e betacaroteno, além de possuir fibras e conter grande quantidade de frutose, o que a torna boa para o cabelo, fortalecer a visão e ajudar a prevenir alguns tipos de câncer.

Introduzida no Brasil pelos imigrantes japoneses, o caqui hoje no Brasil é consumido principalmente ao natural, mas em outros países ele é igualmente apreciado na sua forma desidratada – quando seus açúcares ficam ainda mais concentrados -, na forma de doces e pastas, como geleias, e até mesmo para preparar sucos e chás – neste caso, com suas folhas e cascas do tronco, que são indicadas para usada para tratar diversos problemas de saúde, entre eles constipação intestinal, febre, fígado, estômago, tuberculose e problemas nas vias respiratórias.

A safra do caqui ocorre entre os meses de março a maio, e os tipos mais comercializados são:

  • Caqui Rama Forte: Casca de coloração vermelha, polpa de consistência mole e gelatinosa
  • Caqui Taubaté: Casca vermelha, polpa de consistência mole
  • Caqui Giombo (tipo chocolate): Casca alaranjada, de consistência firme e crocante, com manchas que lembram confeitos de chocolate
  • Caqui Fuyu: Casca alaranjada e de consistência firme.

Explicações mais detalhadas de cada variedade podem ser encontradas no Hortiescolha, um programa de apoio à tomada de decisão do serviço de alimentação coletiva na escolha de frutas e hortaliças frescas.

EM 2018, deram entrada no Entreposto Terminal São Paulo cerca de 15.157 toneladas de caqui rama forte, provenientes principalmente das cidades paulistas de Guararema, Taquarivaí, São Miguel Arcanjo, Pilar do Sul, Mogi das Cruzes e Itatiba. No dia 25/3, o produto estava sendo comercializado no atacado a um preço médio de R$ 2,95/kg.

Para saber quem comercializa caqui no Entreposto Terminal São Paulo, acesse o nosso Guia CEAGESP no nosso portal: http://www.ceagesp.gov.br/guia-ceagesp

Confira outras ofertas e dicas da semana nas mídias sociais (Facebook, blog e Instagram) da Companhia.




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Veja também do Ano 2019 o Mês de:

Veja também o Ano de: