Siga:

2/2/201802:09:36

CEAGESP entra mês com a campanha Fevereiro Roxo


O mês de fevereiro chegou e com ele mais uma campanha conscientizadora sobre a importância dos cuidados com a saúde. Desta vez é o Fevereiro Roxo que entra em ação!

Embora seja o menor mês do ano, fevereiro é um dos meses com mais causas engajadas. A cor roxa refere-se à conscientização sobre o lúpus, do Mal de Alzheimer e da fibromialgia. Há também uma campanha “alaranjada” para conscientizar sobre a leucemia.

Ao longo do mês acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro sobre as causas, sintomas e principalmente, sobre as formas de prevenção dessas doenças, afinal prevenir ainda é o melhor remédio.

Saiba mais sobre o Lúpus

O lúpus é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune, ocasionada pela produção excessiva de anticorpos contra as próprias células do organismo ou contra proteínas existentes no núcleo celular. Há dois tipos principais: o lúpus cutâneo, restrito à pele, e o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) que além da pele, atinge também outros órgãos como rins e pulmão e as articulações.

É considerada uma doença rara que atinge principalmente as mulheres entre 15 e 45 anos de idade, pois é nessa faixa que os hormônios estão mais atuantes, em especial o estrógeno, que é um facilitador de linfócitos, células produtoras de anticorpos.

Fatores genéticos, hormonais e ambientais, como a exposição ao sol, por exemplo, podem desencadear a doença. Infecções virais e medicamentos também são fatores de risco.

Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa, pois depende de qual fase a doença se encontra e de qual órgão ela afeta, mas geralmente destacam-se:

  • Dores nas articulações
  • Febre
  • Queda de cabelo
  • Manchas avermelhadas, especialmente em rosto, pescoço, peito e cotovelos
  • Feridas na boca
  • Inchaço e vermelhidão ao redor das unhas
  • Dor de cabeça
  • Dor ao respirar
  • Em casos graves, convulsões

A adoção de hábitos saudáveis contribuem para evitar a doença. Não fumar, manter o peso saudável, fazer exercícios regulares e ter o sono adequado ajudam a fortalecer o organismo. Evitar a exposição excessiva ao sol e sempre usar protetor solar também é importante, além de medidas para evitar o stress e a depressão, como por exemplo, a meditação.

O lúpus é uma doença crônica que, infelizmente, não tem cura.  Por isso é importante se conhecer bem, cuidar de si mesmo e realizar exames periódicos, pois à primeira suspeita o médico deverá ser consultado imediatamente.

 




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Veja também do Ano 2018 o Mês de:

Veja também o Ano de:




Pular para a barra de ferramentas