Siga:

6/10/202010:01:31

Conheça os benefícios da couve manteiga, o produto da semana (6/10)


A couve manteiga é muito apreciada pelos brasileiros na quarta-feira e sábado, quando é consumida como acompanhamento da tradicional feijoada e é preparada comumente refogada com óleo, alho e sal. Uma sábia escolha, porque essa verdura é rica em fibras, o que ajuda na digestão, além de excelente fonte de ferro (fundamental para o bom funcionamento das células e para a síntese de DNA e metabolismo energético), cálcio (importante para a formação dos ossos e manutenção da massa óssea), vitaminas A (importante para a saúde dos olhos) , C (protege o organismo de infecções, mantém a saúde de ossos, cartilagens e mucosas e facilita a absorção de ferro), K (boa para o coração e para os ossos) e ácido fólico (importante para saúde cardiovascular, na síntese e reparação do DNA, divisão e crescimento celular, produção de novas proteínas e formação de hemácias).

Originária do Mediterrâneo, ela é cultivada e consumida desde o tempo em que Jesus caminhava na Terra, e desde essa época já era conhecida por ser excelente alimento para manter a boa saúde, prevenir doenças, desintoxicar o organismo e ainda deixar a pessoa com bom humor. Prima da couve de Bruxelas, a couve-rábano, a couve-flor, o repolho e os brócolos, a couve manteiga é uma das mais de 1900 variedades dessa espécie. Trazida pelos portugueses, que a consumiam principalmente em ensopados e saladas, logo caiu no gosto popular, e daí para ser servida com a feijoada foi um pulo.

A couve manteiga pode ser consumida tanto crua como cozida ou mesmo assada, é indicada para combater anemia, ajuda nos casos de estômago preguiçoso, é um aliado para quem quer perder peso ao auxiliar na eliminação da gordura do organismos, e ainda combate alguns tipos de câncer, especialmente o de pulmão, cólon, mama, ovário, próstata e rim. Veja outros benefícios:

  • Ótimo para o crescimento do cabelo
  • Combate tosse e rouquidão, ajuda a combater asma e bronquite
  • Auxilia na má circulação
  • Auxilia no tratamento de úlceras gástricas
  • Ajuda na acidez estomacal e gastrite
  • Ótimo resultado no combate a vermes
  • Combate as enfermidades do fígado

Com boa oferta entre maio a novembro, em 2019 deram entrada no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) 10.126 toneladas de couve manteiga, provenientes principalmente dos municípios paulistas de Ibiúna (6.040 toneladas), Embu-Guaçu (1.006 toneladas), Piedade (962 toneladas), São Lourenço da Serra (775 toneladas), Cotia (634 toneladas). No dia 5/10, a verdura estava sendo comercializado em média no atacado por R$ 7,61/ maço de 1 dúzia.

Para saber quem comercializa couve manteiga no Entreposto Terminal São Paulo, acesse o nosso Guia CEAGESP no nosso portal: http://www.ceagesp.gov.br/guia-ceagesp.

Confira outras ofertas e dicas da semana nas mídias sociais (Facebook, blog e Instagram) da Companhia.




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Veja também do Ano 2020 o Mês de:

Veja também o Ano de: