Siga:

12/1/201801:08:42

Safra de grãos chega a 228 milhões de toneladas com crescimento de área


A produção de grãos da safra 2017/2018 pode chegar a 227,9 milhões de toneladas, com um recuo de 4,1% em relação à safra passada dos 237,7 milhões de t., mas a área total registra um crescimento de mais de 1%, ultrapassando os 61 milhões de hectares. O estudo realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) está no 4º Levantamento da Safra de Grãos 2017/2018, divulgado nesta quinta-feira (11).

Com o plantio das principais culturas já encerrado, soja e milho seguem atraindo a preferência do produtor, respondendo por quase 90% dos grãos produzidos no país. Para a soja, com queda de 3,2%, estão previstas 110,4 milhões de toneladas contra 114,1 milhões/t do último período. No caso do milho total, a expectativa de redução de 5,6% muda de 97,8 milhões de toneladas para 92,3 milhões/t atuais. A primeira safra, com números menores nesta fase, pode ficar em 25,2 milhões de t, enquanto a segunda pode alcançar 67,2 milhões de toneladas, registro próximo da produção passada de 67,4 milhões/t.

De acordo com o estudo, o algodão apresentou melhor cenário, com aumento de 11,4% na produção da pluma, totalizando 1,7 milhão de toneladas e elevação de 11,9% de área. Este aumento, junto com o da soja, favoreceu a ampliação da área total plantada. O algodão marca números acima de 1 milhão de hectares, enquanto que a soja, com maior liquidez e possibilidade de melhor rentabilidade frente a outras culturas, tende a uma elevação média de 3,2%, podendo alcançar 35 milhões de hectares.

Na produtividade, levando em conta que algumas culturas ainda estão na fase de plantio, os números têm como base a sobreposição dos rendimentos apurados nas pesquisas de campo com o acompanhamento agrometeorológico e espectral realizado pela Companhia. A soja aponta para uma produtividade de 3.156 kg/hectare contra 3.364 da safra anterior. A pesquisa foi feita nos principais centros produtores de grãos do país, do dia 17 a 23 de dezembro. (Fonte: Imprensa/Conab)

Confira AQUI o boletim da Conab.

ARMAZENAGEM

A CEAGESP mantém a maior rede pública de silos e armazéns gerais do Estado de São Paulo, administrada pelo Departamento de Armazenagem (DEPAR) da Companhia. Juntas, são 18 unidades ativas situadas próximas aos polos produtivos presentes na capital e no interior de São Paulo, com capacidade para estocar mais de 850 mil toneladas de produtos.

Os principais itens armazenados são produtos à granel, como grãos, açúcar e pellets, produtos agrícolas em sacos e/ou bags e produtos industrializados de acordo com a estrutura disponível em cada unidade. Seu público alvo sãopequenos, médios e grandes produtores agrícolas, usinas de açúcar, moinhos, cooperativas agrícolas, importadores, exportadores e órgãos governamentais.

Para saber mais sobre a rede de armazenagem da CEAGESP e os serviços prestados, acesse AQUI.

 




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Veja também do Ano 2018 o Mês de:

Veja também o Ano de:




Pular para a barra de ferramentas