Siga:

22/11/201711:09:51

Saiba os benefícios de se consumir pepino japonês, o produto indicado da semana (22/11)


O produto indicado desta semana é uma das variedades mais consumidas pelos brasileiros entre os legumes: o pepino japonês. Só no ano de 2016, foram comercializadas cerca de 23.715 toneladas do produto no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP), graças à boa oferta registrada no ano todo.
A produção é proveniente principalmente das cidades paulistas de São Miguel Arcanjo, Itaporanga, Óleo, São Pedro do Turvo, Capão Bonito, Itapetininga e Pirajuí. No dia 21/11, o quilo estava sendo comercializado a R$ 1,29 no atacado do ETSP.
Trazida pelos primeiros imigrantes nipônicos que vieram ao Brasil, o pepino japonês se difere das outras variedades devido ao seu formato mais longo e fino, casca mais fina, escura e brilhosa, com sabor menos amargo e sementes menores que as demais. Sua origem remonta à Índia, de onde saíram as primeiras mudas que foram levadas para a Europa para, a partir daí, ganhar o mundo.
Anualmente são produzidos cerca de 38 milhões de toneladas de pepinos em todo o mundo. A China é, de longe, o maior produtor de pepinos e fornece cerca de dois terços da oferta global. O Irã, a Turquia, a Rússia, o Egito, a Espanha, o México, a Ucrânia, o Japão, a Indonésia e os EUA participam do mercado mundial de pepinos.
No Brasil, em 2010 foram produzidos cerca de 210 mil toneladas, segundo dados da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), dos quais mais de 50% na região Sudeste do país.

BENEFÍCIOS

Razões para o mundo todo consumir tanto esse legume podem ser encontradas em suas propriedades e benefícios à saúde. O pepino japonês é baixo em gorduras saturadas, calorias, colesterol e sódio. É uma boa fonte de vitamina A, ácido pantotênico, magnésio, fósforo e manganês vitamina C, vitamina K e potássio.
Os pepinos de modo geral também contêm um flavonol anti-inflamatório chamado fisetina, que é muito importante na manutenção da saúde do cérebro – benefícios que incluem melhorar a memória, bem como proteger as células nervosas à medida que envelhecem. Os polifenóis, chamados de lignanas, colaboram na prevenção ao risco de câncer de mama, útero e ovário nas mulheres e de próstata nos homens.
As vitaminas do complexo B (B1, B5 e B7) ajudam a aliviar a ansiedade e diminuir o estresse. O pepino contribui ainda para uma dieta equilibrada, pois a fibra solúvel nele se dissolve em uma textura semelhante ao gel no estômago e ajuda a diminuir a digestão, o que tem o efeito de fazer sentir-se saciado e, por conseguinte, comer menos.
Para se consumir o pepino japonês, basta usar a imaginação, pois ele entra muito bem em saladas cruas, no preparo de conservas, como ingrediente de refogados de legumes, em sopas frias e até mesmo para se fazer uma máscara facial de hidratação.

Encontre mais informações sobre este e outros alimentos nas mídias sociais da CEAGESP: blog, Facebook e Instagram.

 




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Veja também do Ano 2017 o Mês de:

Veja também o Ano de:




Pular para a barra de ferramentas