Siga:

5/8/202008:09:07

Índice CEAGESP acumula queda de 2,04% em 12 meses


- Descrição do Índice

Em julho, o setor de frutas apresentou forte alta de 6,20%. Foi apenas o segundo mês com aumento no ano. As principais elevações ocorreram nos preços do figo (65,7%), do limão taiti (57,7%), da melancia (42,5%), do abacate (34,3%) e do mamão havaí (33,9%). As principais quedas ocorreram nos preços da carambola (-32,5%), do morango (-7,4%), da banana prata (-7,0%) e da manga tommy atkins (-6,7%).

O setor de legumes registrou queda de 2,68%. As principais baixas de preços aconteceram com o quiabo (-37,9%), com a cenoura (-20,1%), com o cará (-18,5%), com o tomate cereja (-15,3%) e com a batata-doce rosada (-13,4%). As principais altas ocorreram nos preços da abóbora japonesa (32,9%), do chuchu (17,3%), da mandioquinha (17,1%), do cogumelo shimeji (12,1%) e da abobrinha italiana (11,3%).

O setor de verduras apresentou forte alta de 7,55%. Os principais aumentos registrados foram nos preços do nabo (46,4%), do orégano (36,6%), das alfaces crespa (29,2%), americana (27,1%) e lisa (26,0%) e do milho verde (23,3%). As maiores quedas de preços ocorreram com a couve (-33,2%), com o coentro (-29,5%), com o rabanete (-16,1%), com o agrião hidropônico (-8,5%) e com o repolho (-8,2%).

O setor de diversos fechou o mês com queda expressiva de 15,92%. As principais baixas foram registradas nos preços das batatas lavada (-35,5%) e asterix (-35,2%), do alho (-24,8%), da cebola (-13,0%) e dos ovos brancos (-8,7%). A principais altas ocorreram com a cebola estrangeira argentina (16,2%), com o coco seco (6,3%) e com a canjica (4,2%).

O setor de pescados registrou baixa de 2,10%. As principais quedas se deram nos preços da anchova (-29,8%), da corvina (-19,4%), da pescada tortinha (-16,0%), da abrótea (-15,3%), e da pescada goete (-12,4%). Os principais aumentos ocorreram nos preços da sardinha congelada (84,5%), da sardinha fresca (14,0%), da tainha (11,7%) e da betara (9,1%).

- Tendência do Índice

O índice de preços da CEAGESP encerrou o mês de julho com alta de 2,37%, por conta da elevação dos preços das frutas e verduras. Apesar da forte alta, o setor de frutas ainda registra recuo de 1,4% nos preços em 2020. O setor de diversos apresentou queda expressiva de 15,9%, caminhando para preços mais favoráveis ao consumidor. No ano, ainda acumula alta de 26,9%; no entanto, nos últimos 12 meses, o aumento é de apenas 0,48%.

Com o aumento da flexibilização do isolamento social na grande São Paulo e no interior paulista, está havendo um aumento gradual na demanda de alimentos frescos. O volume ofertado fecha o mês de julho com elevação em decorrência do aumento da demanda e também ao clima ameno e boa insolação, apesar de estarmos em época de inverno.

Com a flexibilização do isolamento social e o de retorno de novas atividades econômicas em julho na capital e municípios da grande São Paulo, incluindo bares e restaurantes, notamos uma alta gradativa na demanda. Agora, com a flexibilização também no interior, prevemos um aumento maior na demanda para agosto.

O Índice CEAGESP fechou o mês passado em alta, registradas em 2 setores e com outros 3 em baixa. Com o resultado de julho, notamos que nos últimos 12 meses há um equilíbrio nos índices setoriais, com amplitude maior no de legumes, em queda de 16,6%. Assim, considerando esse período, os preços de FLV ainda seguem atrativos para o consumidor. Como ainda estamos na estação de inverno, época do ano marcada por temperaturas mais amenas e menor incidência de chuvas, que tendem a favorecer a produção agrícola, poderá ocorrer redução e/ou estabilidade nos preços dos produtos. Além dos preços favoráveis, os consumidores, podem aproveitar a boa qualidade dos produtos. Esse quadro poderá sofrer alteração caso ocorram geadas nas regiões produtoras.


Julho - 2020

CategoriaÍndice %
Geral2,37
Frutas6,20
Legumes-2,68
Verduras7,55
Diversos*-15,92
Pescados-2,10




Enviar para um amigo

Mensagem enviada com sucesso!

Seu Nome:
E-mail do Amigo:

Comunicar um erro

Mensagem enviada com sucesso!

Seu E-mail:
Comunique o erro:
Versão para impressão Enviar para um amigo Comunicar um erro

Outros Índices de 2021:

Veja também: